Airport-terminal-free-license-CC0-980x650

Low Cost – Passagens aéreas de baixo custo! Saiba mais.

O termo “low cost”  foi criado a 30 anos nos EUA, quando algumas companhias aéreas resolveram lançar promoções de voos pela metade do preço. Até hoje, não se popularizou no Brasil, mas é uma realidade em diversos países, principalmente na Europa. Low Cost significa “baixo custo”, e se você for ver… os preços são baixo mesmo! Se você ainda não conhece, está mais do que na hora de conhecer!

Companhias aéreas low cost, trabalham com um tipo de voo diferenciado por muitos motivos, que vão além dos preços baixos como você vai ver mais adiante. O fato é que, viajando com essas companhias, a economia pode ser discrepante. Existem passagens custando 15€ (acredite, existem muitos voos com esse preço!). Se é barato pra nós, imagina pra eles?!

Descobri muito mais sobre esse assunto com um cara expert em viagens (principalmente internacionais e Europa), que se chama Rafael Incao. Esse cara tem um material que está disponível ainda (por pouco tempo), se tiver interesse clique no link: bit.ly/formuladepassagensaereas

Como-comprar-passagens-aereas-baratas2

As empresas aéreas mais famosas desse mercado são as europeias RyanAir e a EasyJet. Além destas, existem muitas outras na própria Europa e nos outros continentes. Na América do Sul já existem 2 empresas oferecendo low cost: a SpiritAir e a Viva Colômbia. Mas, como era de se imaginar, o mercado brasileiro ainda não possui nenhuma opção deste tipo de viagem aérea.

É… mas tão barato assim, não tem nenhuma dificuldade? É assim facinho, compro, voo, aproveito, uhuuu??
Não! Existem muitos pontos que diferem esse, de um voo normal. Por isso, para poder usufruir dos baixos preços, é de extrema importância que você fique atento a todos os pontos.

Quer saber mais? Acesse o material no link: bit.ly/formuladepassagensaereas

Colagem Ryan e Easy

 

PLANEJAMENTO

É preciso se panejar! Por causa dos preços baixos, a procura é grande, o que compromete a disponibilidade. Compre as passagens com antecedência. Se pensa em viajar para a Europa, compre as passagens com antecedêcia de no mínimo 3 meses. Se for em alta temporada, pode considerar 5 meses de antecedência na compra das passagens.

CHECK-IN

Não quer se surpreender com uma taxa altíssima de na última hora? Nunca deixe para fazer o check-in no balcão! Os voos low cost, se caracterizam pela redução de todos os custos. Check-in, balcão, funcionário… tudo isso não está incluso no preço barato que você pagou pela passagem, então siga essa linha de raciocínio e não será surpreendido com as “pegadinhas” das regras low cost. Uma taxa de check-in por exemplo, pode te custar  60€ por trecho. Outra garantia para não ser surpreendido, é imprimir sempre o seu cartão de embarque!

checkin airport

HORÁRIOS E PORTÕES

Não se atrase em hipótese alguma. Aliás chegue BEM ANTES do horário, você vai preferir esperar do que perder seu voo. Enquanto estiver esperando no aeroporto, tenha atenção ao painel de voos. Muitas vezes os portões de embarque mudam na última hora e não existe nenhuma tolerância a atrasos!

AEROPORTOS

Em muitos casos os voos não partem e (nem desembarcam) em grandes aeroportos, sendo que a maioria atende cidades distantes das grandes capitais. Por exemplo: se você for para Paris, mas desembarcar em Bourbon-Lancy (são mais de 300 km de distância entre elas), deve programar como ir a Paris por terra. Sabemos que na Europa viagens de trem, ou até ônibus, podem sair caras. Então se programe de forma que sua viagem de Bourbon-Lancy a Paris não saia mais cara do que a viagem de avião.

BAGAGEM

Acredito que este seja o principal ponto a se atentar em voos low cost. Se quer voar barato assim, saiba: sua bagagem deve ser pequena, de mão! Lembra do pensamento de redução de custos? Espaço é custo, e as regras de limite de volume e peso com relação à bagagens são rigorosas. A maior empresa desse ramo, a RyanAir, exige um volume de até 10 Kg e o tamanho deve ser de até 55 cm x 40 cm x 20 cm. Passar dessa medida ou peso te custará de 10€ a 15€ por quilo excedente. Essa é uma forma eficiente de estas empresas aumentarem seus lucros. Quem vacila, paga, e não tem jeitinho brasileiro que mude a regra! Mas 10 kg não é tão pouco assim, você  precisa levar o imprescindível e dispensar coisas como shampoo, potes, produtos que pode comprar onde estiver (em quantidades e tamanhos pequenos), e ir vestido com as roupas mais pesadas como casacos e roupas de frio. Pese sua bagagem antes!

bagagem-

 

MERCADO

Algumas grandes empresas aéreas internacionais (como a Ibéria e a Lufthansa por exemplo), fazem promoções que também chamam de low cost. Sobre isso, é preciso saber duas coisas: 1) os valores não são tão baixos como as empresas low cost. As promoções são de no máximo, 50% de desconto; 2) você não encontra esses voos com facilidade. Quer encontrá-los? Se prepare, e tome uma boa dose de paciência.

Como falei antes, nós brasileiros ainda não temos o privilégio de optar por low cost nos voos domésticos, pelo contrário. Mesmo que a gente esteja vivendo uma época de mudanças no mundo do turismo, e que hoje brasileiros consigam viajar mais de avião, ainda pagamos muito caro por nossas passagens, se compararmos aos valores praticados fora do nosso país.

Cabe a nós, ter esperança de um dia as companhias aéreas brasileiras, adotarem essa prática ou permitirem uma companhia low cost entrar no nosso mercado!

menina feliz no aeroporto

O site e-Dreams, faz buscas diretas de voos low costs de determinadas companhias. Apesar do nome, é um site brasileiro bastante claro e prático! Site: edreams lowcost

Espero que tenha gostado dessa matéria. Se quiser saber muito mais sobre esse assunto e outros (mais dicar e formar de viajar mais, pagando menos), acesse o material do link a seguir: bit.ly/formuladepassagensaereas

Dúvidas, informações, experiências? Compartilhe com a gente!!

Abraçossss!! 😉